Notícias
Blog
06
Out
2020
Outubro rosa: cuidados de mãe e filha

Outubro rosa: cuidados de mãe e filha

No mês de outubro, são intensificadas as ações para a prevenção contra o câncer de mama e colo do útero, através da campanha Outubro Rosa. O movimento é realizado desde os anos 90 e tem como foco disseminar a informação, dicas de cuidado e de prevenção contra a doença.

O que é o câncer de mama

O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente na mulher brasileira. A doença se desenvolve a partir da formação anormal de células da mama, que multiplicam-se repetidamente formando um tumor maligno.

A forma mais comum de perceber a doença é notando o aparecimento de caroço no seio - que pode ser indolor ou não e mudanças na textura da pele das mamas. É importante lembrar que nem todo caroço é câncer de mama, por isso, antes de tudo, deve-se fazer o exame apropriado.

Fatores de risco

Diversas situações podem levar ao surgimento do câncer de mama. O fator genético é muito relevante, contudo, o estilo de vida e a saúde da mulher podem propiciar ou não o surgimento da doença, além de fatores ambientais e reprodutivos.

Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA) fatores que aumentam os riscos de ocorrência da doença são:

  • Obesidade e sobrepeso;
  • Sedentarismo;
  • Consumo excessivo de bebida alcóolica;
  • Primeira menstruação antes de 12 anos,
  • Uso de contraceptivos hormonais;
  • Histórico familiar;
  • Alterações genéticas.

Cuidados de mãe para filha

Dessa forma, com o cuidado certo e a prevenção, é possível evitar que a doença se desenvolva ou notá-la no seu estágio inicial, quando a chance de recuperação é muito maior. O cuidado e a atenção com a saúde das mamas pode ser algo passado de mãe pra filha, ensinado desde pequena.

Alguns hábitos que as mães podem passar para suas filhas para evitar o desenvolvimento da doença:

  • Incentivar a alimentação saudável;
  • Incentivar a prática de exercícios;
  • Utilizar métodos contraceptivos com baixa carga hormonal ou não hormonais;
  • Exames ginecológicos e clínicos periodicamente;
  • Atenção ao histórico familiar;
  • Buscar imediatamente acompanhamento médico em caso de suspeita.

Foco na prevenção

São dicas simples mas que podem ajudar as meninas a crescerem tendo mais atenção e cuidado com a própria saúde reprodutiva e das mama. Por isso, ensinado desde a infância, torna-se um hábito e não será esquecido.

Especialistas e médicos sempre recomendam que a prevenção é o melhor caminho, por isso, lembre-se de fazer os exames necessários e indicados para sua idade. Caso tenha alguma suspeita, procure imediatamente um profissional.

Joaninha Brechó Infantil

Comente essa publicação

Fale conosco