Notícias
Blog
15
Abr
2020
Como proteger as crianças do Coronavírus?

Como proteger as crianças do Coronavírus?

Proteger as crianças do Coronavírus é o assunto que tem dominado os grupos de pais e a prioridade nos ambientes em que circulam, casa e escola.
As notícias sobre o novo Coronavírus (COVID-19) assustam e causam apreensão, sobretudo nos pais, que precisam proteger as crianças de inúmeras doenças e agora mais essa preocupação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) categorizou o novo Coronavírus como uma emergência de saúde internacional. Após a confirmação do primeiro caso no Brasil, o Ministério da Saúde alertou para cuidados necessários para evitar o contágio tanto em adultos quanto em crianças.

O que muita gente não esperava é que os cuidados são simples, os mesmos adotados em casos de gripe, e deveriam fazer parte da higiene diária de todos.

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos.
  • Usar álcool em gel
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

O desafio dos pais é conscientizar as crianças quanto a adoção desses hábitos e monitorar se estão, de fato, tomando essas precauções. Por isso, os pais precisam redobrar atenção para que as crianças cumpram corretamente essas dicas de higiene.

Assim como manter hábitos saudáveis de alimentação e prática de atividade física, o exemplo dos pais é essencial para o sucesso da prevenção do Coronavírus em toda família.

Especialistas apontam ainda alguns cuidados importantes para manter a criança saudável e menos vulnerável a qualquer vírus.

  • Atenção especial a alimentação
  • Manter o cartão de vacinas atualizado
  • Checar periodicamente se a saúde da criança está em dia e sem deficiência de vitaminas
  • Dar atenção a imunidade
  • Não ignorar qualquer sintoma de doenças, principalmente febre

De acordo com especialistas, a taxa de mortalidade do Coronavírus, está associada a alguma outra patologia, sobretudo as doenças crônicas. Na China, onde a epidemia começou, não houve nenhum registro de morte de bebês e crianças, segundo relatório da OMS, que classifica o risco para crianças como baixo.

Contudo, a prevenção é o melhor remédio! Cuide de você e dos seus amados!

Joaninha Brechó Infantil

Comente essa publicação

Fale conosco